A SANTA INQUISIÇÃO FASCISTA NAS RUAS

Fascistas vão às ruas. Pré-julgam. Expressam preconceitos de toda ordem. No lugar da racionalidade, a sua fobia. Para eles, democratas, as esquerdas, movimentos feministas, socialistas, comunistas, humanistas, defensores dos direitos humanos, movimentos de homossexuais, movimentos sindicais, movimentos de negros, de moradia, de luta pela terra e outros de defesa de direitos sociais e humanos são a expressão do Mal. É a Santa Inquisição fascista. Para seus membros, nada de lei, de Estado de Direito, de direito à autodefesa. O ódio é a sua fé. Ódio e o preconceito são o seu guia. Nas ruas com seu simbolismo de horrores, os seus brados de violência, de condenações fóbicas, imaginam-se prendendo, matando, fuzilando… Querem um líder, de qualquer jeito. Em berros, elegem o juiz Sérgio Moro, veem-no como o seu “justiceiro”, que pega, prende e condena, que não “brinca em serviço”, que manda buscar “esse tal de Lula…” Para eles, a lei de Moro é a lei que vale. Elegem-no presidente do seu Tribunal do Santo Ofício. Vários deles voltam sua imaginação para a ditadura civil-militar, querem-na de volta. “Aí, esses tais bolivarianos, PT, comunistas, inimigos das famílias, todos eles verão o que é bom para a tosse…” Também, elegem simbolicamente o seu herói de rua: um soldado da PM. Consideram-no representante de grupos de policiais que condenam e matam pobres e negros nas periferias, pessoas consideradas por eles como criminosas ou potencialmente criminosas. O soldado – atônito – vê-se, de repente, chamado a tirar fotos com madames e mais madames perfumadas. Não sabe o infeliz filho do povo o que está acontecendo, mas se sente num momento de glória de artista de televisão. A Santa Inquisição fascista não para. Condenar os endiabrados democratas, humanistas, petistas, socialistas… nas ruas é apenas um momento de sua fobia. Não há lugar para trégua: em grupos, saem por aí, agredindo democratas, atacando sedes de partidos, de entidades, condenando gente à morte através das redes sociais… É a Santa Inquisição fascista, versão brasileira. Malditos sejam homens e mulheres democratas que lutam por uma sociedade de igualdade – pensam os seus adeptos. Ideias fascistas ameaçam nosso país e nosso povo. Fascismo na cabeça de milhares de pessoas que não sabem o que é fascismo. Hitler e Mussolini vieram dessa tragédia coletiva. Felizmente, a resistência antifascista cresce e cresce.

Cláudio de Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: