ATAQUE À CORRUPÇÃO : UMA ÓTIMA NOVIDADE

Após séculos, finalmente, a corrupção começa a ser atacada no Brasil.

Corrompidos e corruptores são investigados, condenados e presos.

A corrupção começa a perder a proteção que sempre teve.

A direita, setor mais conservador da classe dominante, mãe histórica da corrupção, tenta convencer a sociedade que está contra a sua filhona querida. É o que acontece no caso do Lava jato, como se o povo fosse tão ingênuo ao ponto de acreditar que corruptos atacam a corrupção.

No afã de conseguir ganhos políticos com sua hipocrisia, os partidos dos grupos econômicos não perceberam que, diferentemente de seu jeito farsante de tratar a corrupção, existe o dos setores organizados da sociedade, preocupados em atacar as causas dela. Não notaram que surgiria, no meio das massas mais politizadas do povo, a consciência de que a causa imediata das propinas, ilegais ou legais, dadas a políticos por capitalistas, é o financiamento privado de campanha. Fato que já ganha as ruas em mobilizações populares contra este tipo de corrupção, defendendo uma reforma política que elimine este mal de uma vez por todas. Claramente, situação jamais aceita por representantes do poder econômico, que já começam a entrar em estado de irritação aberta.

Um deputado, cheio de raiva, há poucos dias, chegou a afirmar que “esse negócio de proibir financiamento privado de campanha é coisa de comunistas e bolivarianos”, que isso fere a liberdade do empresário e do candidato. O que o valentão quis dizer é que o empresário, com tal medida, se veria ameaçado de perder seu direito, sagrado pela moral capitalista, de alugar ou comprar político e que este, por seu lado, perderia o direito de alugar-se ou vender-se para servir a grupos econômicos. O que nunca deve ser aceito por um ardente defensor do sistema capitalista que, sem roubo e exploração do trabalho alheio, não existiria.

A luta por uma reforma política, buscando acabar com o financiamento empresarial de campanha, vai desmascarar muitos políticos dos partidos do poder econômico que, hoje, fingem estar contra a corrupção, da qual, na verdade, nunca abriram mão.

Só quem age contra as causas da corrupção combate-a, de fato.

Alberto Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: