Archive for dezembro \08\UTC 2014

OPOSIÇÃO TENTA DERRUBAR DILMA E A DEMOCRACIA

08/12/2014

Quem acompanhou as discussões sobre projeto do governo de mudança na LDO, que duraram 18 horas, no Congresso, não tem dúvida de que a oposição está desencadeando claro movimento golpista. O propósito é radicalizar cada vez mais para derrubar Dilma, passando por cima da decisão soberana e democrática do povo brasileiro, em 26 de outubro passado. Trata-se de um movimento inspirado na velha UDN, que sempre esteve à frente de conspirações para derrubar Getúlio, levando-o à morte, como também participou abertamente do golpe de 64 contra Goulart.

Como a UDN, a oposição usa o problema da corrupção para suas ações desestabilizadoras. Para isso, procura ocultar sua história de corrupções e os escândalos recentes e atuais de seus governos, contando, para isso, com o apoio da mídia golpista – que sempre teve papel de destaque na organização de golpes de estado no país, inclusive no de 64, para derrubar o presidente Goulart.

Petistas ou não-petistas, todas as forças democráticas devem começar a se mobilizar para derrotarem este atentado contra a democracia. As questões das denúncias de corrupção devem ser tratadas à luz da lei, com a punição de todos os culpados. Fora disso, é usá-la para golpe contra a presidenta, o povo e a democracia.

Para salvar a democracia, todas as possíveis divergências existentes entre os setores democráticos devem ser deixadas de lado.

Roberto Silva

Anúncios

OUTRA MARCHA DA FOBIA E DO GOLPISMO NA AV. PAULISTA

08/12/2014

Sábado, dia 6 passado, lá estavam eles: fóbicos e golpistas de todos os tipos – racistas e portadores de outros preconceitos e irracionalidades –, representantes do que existe de mais atrasado na sociedade. Atentando contra a democracia e o povo, em brados, defendiam, inclusive, mais um golpe militar no país.

Para a perplexidade dos democratas em geral, junto a todos esses fóbicos estava José Serra. Ele dá a impressão de que aproveitava a oportunidade para pedir desculpa à Ditadura Militar por ter ficado contra ela.

Um dos maiores apoiadores da Marcha da Fobia e do Golpismo é o senador Aloysio Nunes. Também este se opôs ao Golpe Militar. Agora, também parece estar se desculpando junto aos golpistas de 64, apoiando grupelhos que vão às ruas para defender a volta da ditadura.

Aécio Neves não compareceu à Marcha, mas, através da Internet, ajudou a convocar tal ato antidemocrático, apoiando seus seguidores de extrema direita. Ao que parece, porque acha que o PSDB, sem esse setor fascista, seria um corpo incompleto.

Antônio de Freitas